Segunda-feira, 21 de Agosto de 2006

Gravidez na adolescência

Gravidez na adolescência

A adolescência implica um período de mudanças físicas e emocionais que é considerado, por vários autores, um momento de crise. Não podemos descrever a adolescência como uma simples adaptação às transformações corporais, mas sim como um importante período no ciclo de vida que corresponde a diferentes tomadas de posição sentidas ao nível social, familiar e também sexual.

A puberdade, marca o início da vida reprodutiva de rapazes e raparigas, sendo caracterizada por mudanças fisiológicas e psicológicas. Uma gravidez na adolescência provoca alterações na transformação que já vem ocorrendo de forma natural, ou seja, implica um duplo esforço de adaptação interna fisiológica e uma dupla movimentação de duas realidades que convergem num único momento: estar grávida e ser adolescente.

Será que estou grávida? Será que ela está grávida?

São muitas as raparigas e rapazes que já passaram por este tipo de experiência, sentindo certamente o mesmo pânico, os mesmos medos, tendo as mesmas dúvidas, as mesmas preocupações e partilhando a mesma esperança: “não passou de um susto”, ou “só acontece aos outros” e ainda “felizmente houve um engano”.

Se existiram relações sexuais desprotegidas e a menstruação não apareceu na altura em que deveria surgir, não vale a pena entrar em pânico, mas também não resulta fugir. Quer uma coisa, quer outra só causa mais angústia e preocupação! Deve sim, fazer um teste de gravidez o mais rapidamente possível, e aí, de acordo com o resultado, reflectir sobre o assunto e tomar as decisões apropriadas, sempre com o apoio de alguém em quem se confia.

Deu positivo, e agora?

Uma gravidez precoce não planeada implica sempre uma tomada de decisão. Independentemente da atitude que se venha a tomar, é importante procurar o apoio de uma ou mais pessoas para esta reflexão, de forma a conseguir lidar melhor com esta nova situação. Uma criança precisa de afecto, amor e disponibilidade durante vários anos, sendo por isso necessário avaliar de forma consciente e responsável as decisões a tomar.

Toma nota:

É importante não esquecer que existem muitos serviços que são anónimos, confidenciais e gratuitos (por exemplo: consultas de atendimento a jovens nos Centros de Saúde e noutros locais, linhas telefónicas de apoio e encaminhamento nesta área, etc.) que podem ajudar os rapazes e raparigas nestes momentos mais difíceis.

Porque é que é tão difícil ser adolescente e estar grávida?

Quando se trata de uma adolescente, às mudanças emocionais e físicas são acrescidas questões de ordem psicossocial e ainda de falta de apoio, as quais podem tornar a gravidez numa experiência traumática, num problema emocional e de saúde e promotor de exclusão social.
Numa mulher adulta, quando a gravidez é planeada, ocorre uma crise maturacional (transição) que implica mudanças significativas ao nível emocional e físico. Contudo, o facto de ter sido desejada a vinda de um novo ser,abre à mulher uma nova perspectiva da sua vida que é a sua dimensão de mãe.

Quais são as principais queixas apresentadas pela jovem grávida?

  • Dificuldade na relação com os pais pelo surgimento da gravidez; algum desapontamento, culpas e acusações que poderão ocorrer aquando da chegada da notícia ou permanecer ainda por mais tempo;
  • Dificuldade na relação consigo própria pela “necessidade” de integrar a gravidez e a expectativa da maternidade nos seus projectos e interesses de adolescente;
  • Receio de possíveis alterações no relacionamento com o seu namorado;
  • Dificuldade em conseguir gerir a relação com o seu grupo de amigos;
  • Dificuldade em encontrar um espaço onde se sinta confortável para falar sobre os seus medos e dúvidas face à situação vivida.

Qual a forma de tornar toda esta situação mais fácil?

Se a família e as pessoas mais próximas da adolescente que engravida, forem capazes de acolher o novo facto com compreensão, harmonia e respeito, a gravidez tem maior possibilidade de ser levada a termo sem grandes transtornos e até de uma forma gratificante. A jovem deverá ser apoiada na tomada de decisões de um modo coerente, consciente e realista. O bem estar afectivo é muito importante para a jovem grávida e para o seu bébé, e uma vez que a gravidez se faz a dois também o jovem pai deve ser ouvido na tomada de decisão.

É importante também criar condições para a expressão de sentimentos em relação a si própria e à sua gravidez.

A adolescente tem necessidade de exprimir e partilhar sentimentos sem se sentir julgada, ser entendida pelos outros e sobretudo ter uma base de conhecimentos que lhe permita viver a maternidade e aceitar as mudanças corporais que são inerentes ao seu estado.

Para além disso, deverá ser conduzida à compreensão da gravidez inserida num programa de cuidados pré-natais adequados.

A gravidez na adolescência é, portanto, um problema que deve ser levado muito a sério e que não deve ser subestimado nem por adolescentes, nem por educadores e professores. O rapaz e a rapariga devem ser estimulados a pensar e a viver a sexualidade, não só como uma maneira de sentir prazer com as suas novas capacidades reprodutivas e sexuais, mas também acompanhadas de um conjunto de responsabilidades perante si e perante a sociedade em geral.

É possível continuar a sair com o grupo de amigos e a namorar, mas de forma diferente. A gravidez não torna os adolescentes adultos de uma hora para a outra e deve ser evitada e planeada.

O que achas deste assunto? Conheçes alguém que tenha tido este problema? Deixa aqui a tua opnião!

publicado por ad0lescenci4 às 12:08
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De Cusca a 21 de Agosto de 2006 às 16:03
Tinha uma conhecida (não amiga) que ficou grávida com apenas 14 anos.
Quando a vi com a barriga grande pensei que apenas tivesse engordado é normal.
Mas quando me contaram que ela estava grávida nem queria acreditar uma rapariga tão nova já mãe?
O facto é que a gravidez na adolescência são casos muito complicados, mas acho que o mais importante mesmo é ter o apoio da familia, dos amigos, e principalmente do pai da criança.
Mas nem sempre isso acontece existe muitos casos de raparigas que foram expulsas de casa pelos os pais, os amigos deixaram de lhes falar e o pai da criança foge ás suas responsabilidades.
Casos como estes ouvem-se todos os dias.
Essa tal rapariga chama-se Lara e hoje tem 16 anos e é uma mãe galinda lol!
Mas teve o apoio da familia e dos amigos o mesmo não aconteceu com o pai da criança que nem quer saber do filho é triste existir pessoas assim sem coração capazes de rejeitar um filho!!!
Jokitas**** e continua com o blog é bom que alguns adolescentes o vejam!*****
De Catxiii a 21 de Agosto de 2006 às 16:25
Ola*! Bigadah pelo comente no meu blog! O teu tbm está muio giro! Acho muito bem que tenhas feito este blog sobre a adolescência! Continua a visitar o meu blog... Bju =)*
De Susana a 21 de Agosto de 2006 às 16:59
Ola lindas olha vim ca ver este blog k a anousca me deu=Peheh...e acho k ta mesm mt ri fixe ta altamente fizeram bem em ter feito um blog sobre a adolescensia agora ja sei qd tiver as minhas duvidas onde vir eheh va bjs kidos pas duas adoro-vos mt mesmo***by:Susana

Comentar post

¨mais sobre nós


¨ ver perfil

¨ seguir perfil

. 19 seguidores

¨pesquisar

¨Outubro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

¨Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

¨posts recentes

¨ Pedido de desculpas!

¨ Divulgação

¨ Violência Sexual

¨ Somos nota 3

¨ SIDA - Como se transmite

¨ Sim, sou seropositiva...

¨ Sida - Um pouco de histór...

¨ Sida

¨ Bulimia Nervosa

¨ Caso Real - Uma questão d...

¨arquivos

¨ Outubro 2006

¨ Setembro 2006

¨ Agosto 2006

¨tags

¨ anorexia nervosa

¨ bulimia nervosa

¨ caso real

¨ caso real - namoro na net

¨ caso real - sem arrependimento

¨ Caso Real - Uma questão de cor

¨ divulgação

¨ Gravidez na adolescência

¨ Início

¨ mitos sobre drogas

¨ todas as tags

¨links

¨Deixa aqui as tuas duvidas, nós ajudamos-te!

Caixa Postal

¨Como se aplica o persevativo masculino:


RockYou slideshow | View | Add Favorite
Adolescência
Qual destes casos te impressiona mais?
Anorexia
Bulimia
Drogas
Gravidez na Adolescência
Toxicodependência
Violação
Sida

¨Drogas

¨Métodos Contrapcetivos


blogs SAPO

¨subscrever feeds